Select Menu

Gif Flulink



Slider

Travel

Performance

Cute

My Place

Mercado Tricolor

Racing

» » » » » O Histórico Estádio das Laranjeiras
«
Next
Postagem mais recente
»
Previous
Postagem mais antiga

Fala, tricolores! Hoje o tema a ser abordado no "FluLink Relembra" é o imponente Estádio Manoel Schwartz, mais conhecido como Estádio das Laranjeiras. O Estádio que outrora foi o maior da América Latina. A casa do Futebol Carioca pré-Maracanã. A histórica e majestosa cancha do Fluminense. 

Resultado de imagem para estádio das laranjeiras 1919

O terreno onde é hoje o Estádio era, antes de ser o Estádio, o famoso Campo da Rua Guanabara, onde em 1904 o Flu jogou pela primeira vez ali. O club montou uma pequena arquibancada e houve ali uma das primeiras vendas de ingresso do futebol Brasileiro para a partida contra a equipe do Paulistano. Já no ano de 1905, graças ao Patrono tricolor Eduardo Guinle, as primeiras arquibancadas definitivas foram construídas. No mesmo ano, os sócios constroem a segunda sede no local. E a terceira sede é construída em 1915, também com ajuda dos sócios.

O Templo do Futebol Brasileiro foi erguido as custas dos sócios do Fluminense (diferente de outros clubes por aí) e também graças a Eduardo Guinle, sócio de número 48 do Club e Presidente de 1916 a 1930. Guinle sempre dedicou-se inteiramente ao FFC e mudou pra sempre a história do Tricolor das Laranjeiras, concluindo em as obras da quarta sede tricolor no terreno e as obras do Estádio das Laranjeiras, da piscina, das quadras de tênis e do stand de tiro esportivo. 

Como diria Nelson Rodrigues: "Não se dá um passo em Álvaro Chaves sem tropeçar numa glória". É impossível. A história reside ali. A primeira partida da Seleção Brasileira foi no campo do Fluminense Football Club, contra o Exeter City, clube inglês, no dia 21 de Julho de 1914, aniversário de 12 anos do Tricolor das Laranjeiras.


Brasil x Exeter City, em 1914

O Estádio tricolor foi inaugurado oficialmente no dia 11 de maio de 1919, em uma partida entre a Seleção Brasileira e a Seleção Chilena: vitória esmagadora do Brasil por 6x0. 

No dia 11 de maio de 1919 a inauguração e estreia da seleção brasileira no estádio. Brasil 6 x 0 Chile.
Brasil 6x0 Chile. (Acervo FFC)

Ali mesmo o Fluminense, em seu Estádio, sediou o Campeonato Sul-Americano de Futebol de 1919, atual Copa América, onde a Seleção Brasileira conquistou seu primeiro título de relevância. Até então o Estádio das Laranjeiras era o maior estádio de futebol da América Latina. 
Sediamos novamente o Campeonato Sul-Americano de Futebol de 1922, no ano do Centenário da Independência do Brasil. Novamente o Estádio dá sorte e o Brasil conquista seu 2º título do Torneio e o 2º título em Laranjeiras. Ainda no ano de 1922 sediamos os Jogos Olímpicos Latino Americanos, atual Jogos Pan-Americanos.

Dia de jogo, estádio cheio. Em detalhe a pista de atletismo. (Acervo do F.F.C.)
O Flu expandiu seu estádio em 5 mil lugares para o Campeonato Sul-Americano de 1922. (Acervo FFC)
A Seleção Brasileira jogou 18 jogos no Estádio, ganhando 13 e empatando 5.

No dia 21 de Junho de 1928 o Estádio recebe iluminação artificial, inaugurada na partida entre a Seleção Carioca de Futebol e a equipe escocesa do Morthewell.

A primeira partida oficial do Fluminense em seu Estádio foi contra o Vila Isabel, no dia 13 de julho de 1919 pelo Carioca daquele ano. Vitória tricolor por 4x1, com 3 gols do Tank Inglês Welfare e 1 de Machado. 

Em 1961, eis a maior tragédia: O Governo do Estado da Guanabara desapropriou a parte da arquibancada que ficava localizada na Rua Pinheiro Machado para duplicação dessa rua. O Estádio nunca mais foi o mesmo. O Fluminense foi mutilado. Demos prova de sacrifício pelo bem comum. 

Em 2004 o Estádio passa a se chamar oficialmente Estádio Manoel Schwartz , em homenagem ao grande Presidente tricolor do período entre 1983 a 1986, onde ganhamos o Campeonato Brasileiro de 1984 e o Tricampeonato carioca de 1983/1984/1985.

Em sua eterna casa, o Fluminense disputou 839 partidas, saindo vitorioso em 531 jogos, tendo empatado 158 vezes e perdido 150 jogos. Conquistamos 11 títulos, incluindo os ganhos no antigo Campo da Rua Guanabara, atual Estádio das Laranjeiras, foram eles: Os Campeonatos Cariocas de 1907, 1908, 1911, 1919, 1924, 1936 e 1938. Ganhamos também o Torneio Aberto de 1935, o Torneio Municipal de 1938 e as Taças Guanabara de 1991 e 1993.


O atual Estádio

Seus rivais que tanto desdenham o Estádio das Laranjeiras esqueceram que já precisaram do Fluminense. Mas a história é justa e nos lembra: Ali foi o segundo Estádio que o Flamengo mais jogou e graças ao Fluminense ter cedido o as Laranjeiras que a equipe rubro-negra conseguiu jogar a Série A do Carioca. Já seu rival cruzmaltino jogou 102 partidas no Estádio, inclusive a sua primeira partida internacional contra o Universal do Uruguai. O Vasco em 1923 não poderia joga a Série A do Carioca pois não tinha Estádio fixo. O Fluminense, com tamanha fidalguia, cede seu Estádio pro rival poder jogar a elite, com fonte no livro “O negro no futebol brasileiro”, de Mário Filho. 

Tricolor: orgulhe-se do nosso patrimônio! Definitivamente, a conclusão a que chegamos é que realmente Nós Somos a História. E ninguém jamais apagará o nome do Fluminense Football Club da história.

Quarta feira que vem tem mais! Enquanto isso vocês podem me achar lá no @fluhistory! Abs e ST.


Fonte: Acervo FFC e Rsssf Brasil

Autor: Paulo Roberto Cabral

«
Next
Postagem mais recente
»
Previous
Postagem mais antiga

Nenhum comentário

Deixe um comentário